Forró Bodó o palco da nossa música

WhatsApp Image 2018-05-15 at 08.14.26Genilza do Acordeon, é uma sanfoneira arretada, que nos leva a acreditar na renovação e no surgimento de talentos natos da genuína música nordestina.

Ela é sempre uma presença encantadora no “Palco Luiz Lua Gonzaga”, da Comunidade FM, local da apresentação ao vivo, do “Forró Bodó”, aos sábados, das 17 às 20 horas.

O começo de tudo

Eu tinha seis anos quando o meu pai me levou numa loja de instrumentos musicais. De cara fiquei apaixonada por um acordeon vermelho.

Na verdade um fole de oitos baixos, foi amor à primeira vista, lembro como hoje, era um sábado. Ganhei de presente.

As primeiras notas que eu aprendi no meu acordeon, foram as da música Asa Branca, de Luiz Gonzaga, quem me ensinou foi um seu Giovane, amigo de meu pai.

Quando eu completei 10 anos, fui matriculada numa escola, para me aprimorar na arte de tocar sanfona e atualmente também estudo canto.

Meus professores

Muita gente boa me ajudou e ajuda até hoje no conhecimento instrumental.

São eles, Berinho Lima, Andrezinho Lima Vieira, Josa Sanfoneiro, Rubieno Catanha e atualmente estudo com o maestro Binaldo Catanha.

O aprendizado

Não é tão fácil tocar sanfona, é necessário dedicação, prática e treinamento constantes. Com o tempo a nossa agilidade vai melhorando e a técnica também.

O fato de eu ter começado a tocar no fole de oito baixos, que é considerado um instrumento bem complicado, acabou me ajudando a desenvolver melhor as técnicas do  acordeon.

Além disso, eu toco triangulo e também zabumba, mas o instrumento que mais aprecio e que me dedico todos os dias é de fato a sanfona que é meu foco, a minha paixão.

A tradição e as novas modas musicais

Sou de Caruru e as minhas raízes culturais são inegáveis, a minha paixão pela nossa música mais tradicional não se discute.

Tenho raízes nordestinas, compromisso natural com a nossa música e com a nossa cultura.

Mas com apenas13 anos de idade e como forma de aprimorar meu aprendizado, preciso estar ligada com a cultura musical do Brasil como um todo.

Tocando profissionalmente

No ano de 2017 eu fiz um show no São João de Caruaru, mais precisamente no forró do candeeiro, fizemos alguns shows em Serra Negra, Santa Cruz do Capibaribe e em outras cidades também.

Estou no começo e para este ano, eu espero que mais espaços se abram para que possamos mostrar a nossa música.

A importância do Forró Bodó

A primeira vez que me apresentei aqui, tinha 11 anos e eu achei uma maravilha, porque ao tempo em que ganhei muito conhecimento, pude divulgar a minha arte para um numero muito maior de pessoas.

Quero agradecer o apoio de Jason Lagos e Jota Neto, que são grandes divulgadores e defensores da nossa cultura.

A partir da minha apresentação na 87.9, me tornei uma artista muito mais reconhecida, devo isso a Rádio Comunidade FM.

Com a transmissão das minhas apresentações pela Rádio e também pelo Facebook, fiquei muito mais conhecida por onde ando.

Já para este ano já tenho shows confirmados em Surubim, Toritama, Bezerros, Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe e Cupira.

Se Deus quiser, muitos virão e quero agradecer a força, o carinho de todos aqui na Rádio Comunidade FM.