Morre o apresentador Goulart de Andrade em São Paulo

Jornalista de 83 anos tinha problemas no sistema cardiorrespiratório.
Deixa mulher, três filhos, três netos e bisneta.

Goulart de Andrade na série Atravessadores, da TV Globo, de novembro de 2013 (Foto: Zé Paulo Cardeal/Globo)Goulart de Andrade na série Atravessadores, da TV Globo, de novembro de 2013 (Foto: Zé Paulo Cardeal/Globo)

Morreu na madrugada desta terça-feira (23), no Hospital Sancta Maggiore, em São Paulo, o jornalista e apresentador Luis Felipe Goulart de Andrade, aos 83 anos. Ele tinha problemas no sistema cardiorrespiratório. Deixa a mulher, Margareth Bianchini, com quem esteve casado por 13 anos. Ele tinha três filhos, três netos e uma bisneta.
O velório será na Assembleia Legislativa de São Paulo na tarde desta terça. Ainda não há informações sobre o sepultamento ou cremação.

Natural do Rio de Janeiro, tinha 61 anos de carreira, foi jornalista, publicitário, radialista, ator, diretor, diretor de cinema e TV e empresário do setor de comunicação. Na TV Globo, atuou no “Plantão da Madrugada”, que estreou em 1° de maio de 1982 e, em junho do mesmo ano, passou a se chamar “Comando da Madrugada”. Goulart de Andrade estreou na Globo nos anos 1970, trabalhando no São Paulo Especial e no Globo Shell Especial.

A partir de 1983, o Comando da Madrugada deixou de fazer parte da programação da Rede Globo e passou a ser exibido – sempre com o mesmo formato e, às vezes, com nomes diferentes – em várias outras emissoras. Também atuou no “Fantástico”, de 1973 a 1976, e no “São Paulo Especial”.

Goulart trabalhou em várias emissoras de TV (Foto: Divulgação)Goulart trabalhou em várias emissoras de TV (Foto: Divulgação)

Seu último trabalho foi na TV Gazeta como apresentador do programa “Vem Comigo”, onde atuava com alunos da Fundação Cásper Líbero.

Iniciou a vida profissional em 1955, na TV Rio, com o programa “Preto e Branco”.  Trabalhou na TV Tupi, na TV Excelsior, na TV Rio, na TV Globo,  na TV Gazeta, com Fausto Silva, na TV Record, na TV Bandeirantes e no SBT.

Trabalhou também nos jornais escritos “Última Hora” (de Samuel Wainer) e “Aqui São Paulo” e participou de dois filmes: “A marcha” (1972) e “Próxima vítima” (1983).

Goulart de Andrade na série Atravessadores, da TV Globo, de novembro de 2013 (Foto: Zé Paulo Cardeal/Globo)Goulart de Andrade na série Atravessadores, da TV Globo, de novembro de 2013 (Foto: Zé Paulo Cardeal/Globo)

Fonte: G1