Publicado em 18 de dezembro de 2018 por

Chefe do Gabinete de Segurança Institucional deu detalhes sobre esquema de segurança na cerimônia. Ele pediu cautela e disse que decisão sobre desfile passará pelo presidente eleito.

O ministro do GSI, general Sérgio Etchegoyen — Foto: Antonio Cruz/ Agência BrasilO ministro do GSI, general Sérgio Etchegoyen — Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Sérgio Etchegoyen, disse nesta terça-feira (18) que ainda não está definido se o presidente eleito Jair Bolsonaro fará o tradicional desfile em carro aberto durante a cerimônia de posse no próximo dia 1º de janeiro.

A declaração foi dada durante entrevista coletiva em Brasília, na qual Etchegoyen deu detalhes sobre o esquema de segurança previsto para a posse presidencial.

Geralmente, no dia da posse, o presidente eleito desfila pela Esplanada dos Ministérios no Rolls Royce presidencial. Também vão no carro o motorista, um militar, o presidente e algum familiar, em geral o marido ou a esposa. Eles acenam para a população enquanto percorrem o trajeto entre a Catedral de Brasília e o Congresso Nacional, um percurso de cerca de 1,5 quilômetro.

“Esta decisão [sobre o desfile em carro aberto] não está tomada. Ela vai ser tomada em função das circunstâncias que vão evoluindo até a tarde do dia primeiro. E da decisão do presidente”, afirmou o chefe do GSI.

Segundo Etchegoyen, apesar de Bolsonaro ser o primeiro presidente a ser empossado que sofreu uma tentativa de assassinato, o que exige “cautela”, o efetivo de segurança disponível para a cerimônia é “suficiente” para garantir a ordem no dia da posse.

“O que a gente pode assegurar é que a Esplanada estará absolutamente segura para o evento. […] Nunca tivemos um presidente que tenha sofrido uma tentativa de assassinato. Isso exige de quem faz sua segurança a cautela. O presidente Bolsonaro ainda sofre restrições e exige cuidados”, afirmou o general.

“A festa vai estar muito bonita e muito segura, que é o que interessa”, complementou.

Etchegoyen falou ainda sobre supostas ameaças que Bolsonaro vem recebendo. De acordo com o ministro, as ameaças só deixam de ser ameaças quando são plenamente esclarecidas.

“Vamos imaginar: se ele sofreu uma ameça em julho e até hoje ela não está esclarecida, ela ainda é uma ameaça viva. Consequentemente, está no planejamento. É dessa forma que conduzimos a questão”, ressaltou o ministro.

Esquema de segurança

Segundo Etchegoyen, a Esplanada dos Ministérios será fechada para público e carros a partir da 0h do dia 30 de dezembro. No dia 31, não haverá expediente nos ministérios. Ele disse que a medida foi tomada para que seja assegurada tranquilidade durante a festa.

“Para que nós possamos assegurar a todos que venham nesta festa e, obviamente, ao presidente da República e demais autoridades, todas as condições essenciais e necessárias para que tudo transcorra como esperamos e temos certeza que vai transcorrer”, afirmou o ministro.

No dia da posse, o acesso do público só poderá ser feito pela Rodoviária do Plano Piloto. Não serão permitidos no local o porte de:

  • Garrafas;
  • guarda-chuva;
  • fogos de artifício;
  • apontadores laser;
  • animais;
  • bolsas e mochilas;
  • sprays;
  • máscaras;
  • produtos inflamáveis;
  • armas de fogo;
  • objetos cortantes;
  • drones;
  • carrinhos de bebê.

Para este controle, o GSI programou quatro pontos de revista pessoal que serão colocados ao longo de toda a Esplanada. O primeiro será logo na saída da Rodoviária e o último estará localizado na Praça dos Três Poderes.

Ao longo do percurso serão colocados pontos de distribuição de água potável, além de postos médicos. O público poderá contar com diversos telões para acompanhar as cerimônias realizadas dentro do Congresso Nacional e do Palácio do Planalto.

O ministro Sergio Etchegoyen não informou o número de homens que trabalharão na segurança no dia da posse.

“O que a gente pode assegurar com muita firmeza é que a Esplanada estará absolutamente segura para a festa do dia primeiro. Sem que isso traga maiores constrangimentos, dificuldades para que as pessoas acessem e participem da festa”, disse.

Leia Mais Ministro diz que ainda não está definido se Bolsonaro desfilará em carro aberto na posse

Publicado em 4 de dezembro de 2018 por

Para Sérgio Etchegoyen, nova administração ‘exigirá cuidados mais precisos’. Ministro defendeu a manutenção da estrutura da Abin, mas ressaltou que decisão caberá ao futuro presidente.

O CARAImagem: WILTON JUNIOR 1.dez.2018

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Sérgio Etchegoyen, disse nesta segunda-feira (3) que o presidente eleito, Jair Bolsonaro, sofreu novas ameaças.

A declaração foi dada após cerimônia no Palácio do Planalto que celebrou os 80 Anos do Gabinete de Segurança Institucional. No momento da declaração, o general falava sobre os cuidados que o novo governo terá de ter com a segurança. Ele, porém, não deu detalhes sobre as ameaças que citou.

“Eu posso te falar até 15 dias atrás. Houve, houve novas ameaças [contra Bolsonaro]”, afirmou Etchegoyen.

Perguntado sobre a possibilidade de o presidente eleito desfilar em carro aberto no dia da posse, marcada para o dia 1º de janeiro, o ministro afirmou que as condições ainda estão em negociação com a equipe de transição e recomendou cautela.

“A decisão será do presidente. Eu presidiria tudo com cautela. Nesse momento, eu tenho que me atualizar, porque passei fora duas semanas, mas eu recomendaria que todas as medidas tomadas fossem presididas por cautela”, disse.

Etchegoyen disse que a segurança da nova administração exigirá cuidados mais intensos e precisos, porque, segundo ele, Bolsonaro é alvo de agressões constantes.

“Temos um presidente que sofreu um atentado e vem sofrendo agressões constantes, basta ver nas mídias sociais, a quem tem que ser dada a garantia, não a ele, mas também ao vice- presidente, das melhores condições de governo. Certamente a segurança do presidente eleito, da nova administração, exigirá cuidados mais intensos, mais precisos.” declarou o ministro.

Na última quarta-feira (28), um dos filhos do presidente eleito, o vereador Carlos Bolsonaro afirmou no Twitter que a morte do pai “não interessa somente aos inimigos declarados, mas também aos que estão muito perto”.

Durante a campanha presidencial, Bolsonaro foi vítima de um atentado a faca em Juiz de Fora (MG). Após investigações, a Polícia Federal concluiu que o agressor, Adélio Bispo de Oliveira, agiu sozinho no momento do ataque e que a motivação “foi indubitavelmente política”.

Abin

Durante a entrevista, o ministro também defendeu a manutenção da estrutura da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), mas afirmou que a decisão cabe ao novo presidente.

A Abin é responsável por fornecer ao presidente da República e a seus ministros análises estratégicas confiáveis, como informações relativas à segurança do Estado, relações exteriores e defesa externa.

“A direção da Abin assumiu há dois anos. Vem fazendo um belíssimo trabalho. A decisão obviamente é do presidente eleito, é do novo governo, legítimos. Mas acho que a continuidade, pelo menos por mais um pouco período que seja, consolidará os avanços particularmente na área de gestão, que eles alcançaram”, afirmou Etchegoyen.

Leia Mais Ministro do GSI diz que Bolsonaro sofreu novas ameaças e defende cautela em cerimônia de posse

Publicado em 19 de setembro de 2018 por

Minutos antes, Globocop mostrou criminosos com fuzis em base numa das principais avenidas da comunidade. Polícia está no local.

Motoristas tentam voltar pela contramão na Linha Amarela, no Rio de Janeiro — Foto: Reprodução/ TV GloboMotoristas tentam voltar pela contramão na Linha Amarela, no Rio de Janeiro — Foto: Reprodução/ TV Globo

Confronto entre policiais e criminosos da Cidade de Deus parou a Linha Amarela, uma das principais vias expressas do Rio, na manhã desta quarta-feira. Diante do barulho de tiros, motoristas deram ré e voltaram na contramão da via. O trânsito na região estava mais pesado que o normal porque outra operação interditava, na hora, a Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá.

As duas vias são as principais ligações da Zona Oeste do Rio ao Centro da cidade.

O tumulto na Linha Amarela começou por volta das 7h, quando policiais do 18º BPM, em patrulhamento de rotina, foram atacados a tiros por criminosos. Houve confronto, ainda sem registro de feridos.

Diante do tiroteio, veículos no sentido Ilha do Fundão pararam na altura da Estrada do Gabinal. Alguns manobraram na pista, e uma fila de carros começou a avançar na contramão, furando o trânsito.

Às 7h30, não havia mais retenção no ponto do confronto, mas carros continuavam avançando na contramão.

Às 7h45, havia congestionamento na Linha Amarela, sentido Fundão, entre a Av. Ayrton Senna e o Túnel da Covanca. As estradas do Pau-Ferro, do Tindiba e dos Três Rios, a Av. Geremário Dantas e a Rua Araguaia também apresentavam lentidão.

Motoristas voltam na contramão na Linha Amarela, na Zona Oeste do Rio — Foto: Reprodução/ TV GloboMotoristas voltam na contramão na Linha Amarela, na Zona Oeste do Rio — Foto: Reprodução/ TV Globo

Minutos antes, imagens feitas pelo Globocop mostraram criminosos com fuzis em uma base na Avenida Cidade de Deus, uma das principais do bairro.

Globocop flagrou homem com fuzil em ponto de venda de drogas na Cidade de Deus — Foto: Reprodução/ TV GloboGlobocop flagrou homem com fuzil em ponto de venda de drogas na Cidade de Deus — Foto: Reprodução/ TV

Leia Mais Tiroteio na Cidade de Deus assusta motoristas, e carros voltam na contramão na Linha Amarela

Publicado em 10 de setembro de 2018 por

Candidato está se recuperando de facada levada em ato de campanha em Juiz de Fora. Operação ocorrerá para ‘reconstruir o trânsito intestinal e retirar a bolsa de colostomia’.

Foto postada por filho de Jair Bolsonaro mostra candidato em poltrona do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, fazendo sinais de armas (Foto: Reprodução/Twitter/Flavio Bolsonaro)Foto postada por filho de Jair Bolsonaro mostra candidato em poltrona do Hospital Albert Einstein, em São Paulo,  (Foto: Reprodução/Twitter/Flavio Bolsonaro)

Boletim médico do Hospital Albert Einstein informa que Jair Bolsonaro segue “sem sinais de infecção” e confirma que o candidato à Presidência pelo PSL passará por nova cirurgia posteriormente. O comunicado, divulgado na manhã desta segunda-feira (10), diz que a operação será feita para “reconstruir o trânsito intestinal e retirar a bolsa de colostomia”.

O presidenciável está internado desde sexta-feira (7) no hospital na Zona Sul de São Paulo se recuperando de uma facada levada durante ato de campanha no Centro de Juiz de Fora (MG), na tarde de quinta (6).

A realização da operação, considerada de grande porte, já estava prevista para depois que o candidato tiver alta. Segundo médicos ouvidos pela reportagem, a cirurgia só deve acontecer daqui a dois meses. Nesse meio tempo, Bolsonaro seguirá com a bolsa externa ligada à barriga.

O boletim médico afirma que, passados quatro dias após o ferimento, o estado do candidato “ainda é grave e permanece em terapia intensiva”.

“O paciente permanece ainda com sonda gástrica aberta e em íleo paralítico (paralisia intestinal), que ocorre habitualmente depois de grandes cirurgias e traumas abdominais. Ontem, havia uma movimentação intestinal ainda incipiente e que persiste do mesmo modo hoje”, acrescenta o documento, assinado pelos médicos Antônio Luiz Macedo, cirurgião; Leandro Echenique, clínico e cardiologista; e Miguel Cendoroglo, diretor superintendente do hospital.

O comunicado acrescenta que Bolsonaro permanece “recebendo o suporte clínico, cuidado de fisioterapia respiratória e motora, e alimentação exclusivamente parenteral (endovenosa)”.

No último boletim, divulgado no fim da tarde de domingo, foi informado que o candidato tinha “leve anemia, em decorrência do sangramento inicial”.

Leia Mais Bolsonaro segue sem sinais de infecção e hospital confirma que passará por nova cirurgia posteriormente

Publicado em 9 de maio de 2017 por

Captura foi feita pela Polícia Militar, na segunda-feira (8). De acordo com a PF, imagens de câmeras de segurança ajudaram a localizar o homem, que confessou o envolvimento no crime.

Homem apontado pela PF ao participar de assalto a banco usava farda de empresade segurança foi preso pela Polícia MIlitar no Recife (Foto: Ascom/PF)Homem apontado pela PF ao participar de assalto a banco usava farda de empresade segurança foi preso pela Polícia MIlitar no Recife (Foto: Ascom/PF)

A Polícia Federal em Pernambuco revelou, na manhã desta terça-feira (9), que o suspeito preso por participação no assalto a uma agência bancária, na sexta-feira (5), na Zona Norte do Recife, é a pessoa que usava um fardamento de uma empresa de segurança privada. Segundo a PF, a captura foi feita a partir de informações repassadas pela população, que reconheceu o homem a partir das imagens do circuito interno de segurança divulgadas na segunda-feira (8). Leia Mais PF revela que suspeito preso por assalto a banco no Recife é homem que usava uniforme de vigilante

Publicado em 9 de maio de 2017 por

Os 300 homens da Força Nacional que ajudarão no patrulhamento do Rio de Janeiro chegarão ao Estado no começo da manhã. Os agentes se somarão aos 125 militares que já atuam no RJ.

Comboio da Força Nacional reunido em Brasília antes de seguir para o Rio de Janeiro (Foto: Divulgação/Ministério da Justiça)Comboio da Força Nacional reunido em Brasília antes de seguir para o Rio de Janeiro (Foto: Divulgação/Ministério da Justiça)

Os 300 homens da Força Nacional que ajudarão no patrulhamento do Rio de Janeiro chegarão ao Estado no começo da manhã desta terça-feira (9). Os oficiais saíram de Brasília no começo da noite de segunda-feira (8). Os agentes se somarão aos 125 militares que já atuam no RJ. Leia Mais Homens da Força Nacional chegam ao Rio de Janeiro nesta terça-feira

Publicado em 18 de novembro de 2016 por

Caso ocorreu na quinta (17); criminosos roubaram notebooks e celulares.
Mesma instituição também foi furtada na noite da quarta-feira (16), diz polícia.

sem-titulo

Um vídeo divulgado pela Polícia Militar na tarde desta quinta-feira (17) mostra o momento no qual dois jovens invadem e roubam materiais de uma escola pública de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco.
Nas imagens, é possível perceber que os criminosos ameaçam algumas pessoas que estão na instituição de ensino. No vídeo, ainda é mostrado o momendo no qual um dos assaltantes coloca o material roubado em uma bolsa. O crime ocorreu na manhã desta quinta.
Entenda o caso
Dois jovens – de 15 e 18 anos – foram detidos suspeitos de arrombar e furtar uma escola em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Militar, o crime ocorreu na noite da quarta-feira (16), quando foram furtados um notebook, uma caixa de som amplificada, um mini system e uma televisão.
(Clique aqui e veja o vídeo) Leia Mais Vídeo mostra dupla durante assalto a escola em Santa Cruz do Capibaribe

Publicado em 16 de novembro de 2016 por

Crime ocorreu na madrugada desta quarta-feira (16), perto de delegacia.
Os bandidos, de acordo com testemunhas, estavam fortemente armados.

Caixa eletrônico foi explodido em farmácia (Foto: Camila Torres/TV Globo)Caixa eletrônico foi explodido em farmácia (Foto: Camila Torres/TV Globo)

Bandidos invadiram uma farmácia e explodiram um caixa eletrônico do Banco do Brasil, na madrugada desta quarta-feira (16), em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. O grupo, fortemente armado, invadiu a unidade de uma grande rede de drogarias, que fica localizada na Avenida Conselheiro Aguiar, e danificou o terminal de autoatendimento, de acordo com testemunhas. Os ladrões não conseguiram levar o dinheiro.

A loja fica nas imediações da delegacia do bairro. Segundo o 19º Batalhão, o crime aconteceu por volta das 3h40. Os bandidos, armados de fuzis, também deram vários tiros para o alto e contra a delegacia, assustando os moradores da vizinhança. Os ladrões usaram explosivos, mas a quantidade não foi suficiente para abrir o terminal. Leia Mais Bandidos invadem farmácia em Boa Viagem e explodem caixa eletrônico

Publicado em 16 de novembro de 2016 por

Medida ocorre após flagrantes de presos dentro de viaturas por falta de vaga.
21° BPM diz que viaturas poderão circular para atender outras ocorrências.

Por causa da superlotação em presídios e delegacias, o 21º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Porto Alegre estacionou um micro-ônibus em frente ao Palácio da Polícia, como alternativa para abrigar presos que aguardam vagas. A medida ocorre após flagrantes de presos acomodados dentro de viaturas ou algemados em lixeiras na rua, como ocorreu no início do mês.

Foragido foi mantido dentro de viatura (Foto: Reprodução/RBS TV)Foragido foi mantido dentro de viatura em Porto
Alegre (Foto: Reprodução/RBS TV)

Conforme o 21º BPM, que atende a Zona Sul da capital, o micro-ônibus é utilizado somente em operações especiais. O veículo é uma opção para evitar que os presos permaneçam dentro das viaturas, enquanto aguardam vaga, e com isso a BM pode manter os carros da polícia em circulação para atendendimento de ocorrências.

Na madrugada desta quarta (16), um foragido que foi recapturado foi mantido dentro da viatura, devido à falta de espaço na 2ª Delegacia de Pronto Atendimento (DPPA). Agora, ele vai aguardar uma vaga no sistema prisional dentro do micro-ônibus. Leia Mais Polícia improvisa micro-ônibus para abrigar presos em Porto Alegre

Publicado em 16 de novembro de 2016 por

Alerj começará a votar pacote com medidas de austeridade do RJ.
Servidores públicos prometem realizar protesto em frente à Assembleia.

Bombas de gás foram soltas perto da Alerj (Foto: Matheus Rodrigues/G1)Bombas de gás foram soltas perto da Alerj (Foto: Matheus Rodrigues/G1)

O estado do Rio de Janeiro terá reforço de quinhentos homens da Força Nacional de Segurança nesta quarta-feira (16), para auxiliar no policiamento durante manifestação prevista em frente ao prédio da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), que começará a votar o pacote com medidas de austeridade do governo. O pedido foi feito pelo governador Luiz Fernando Pezão. Veja a nota do Ministério da Justiça e Cidadania no final do texto. Leia Mais Força Nacional irá reforçar segurança na Alerj com 500 homens

Publicado em 14 de novembro de 2016 por

Rapaz de 17 anos foi encontrado, domingo (13), no Aeroporto do Recife.
Ele saiu de casa, na sexta (11), em Caruaru, para tentar ir a São Paulo.

 A Polícia Federal em Pernambuco resgatou, no domingo (13), no Aeroporto Internacional dos Guararapes/Gilberto Freyre, na Zona Sul do Recife, um adolescente que fugiu da casa da família, em Caruaru, no Agreste, para tentar realizar o sonho de ser apresentador de cerimônias e cantor de funk (MC), em São Paulo. O rapaz, de 17 anos, tinha aceitado a proposta de uma pessoa que conheceu pelas redes sociais e chegou a dormir no terminal e nas ruas da capital pernambucana, pedindo dinheiro para comprar comida.

A aventura frustrada do garoto começou na sexta-feira (11). Ele saiu de casa às 8h. Aos agentes federais, o garoto contou que conheceu uma mulher, pela internet, e por orientação dela, pegou uma carona, entre o Agreste e o Recife. Ficou quase três dias no terminal à espera de uma pessoa que entregaria dinheiro para a passagem aérea.

O estudante manteve vários contatos, por meio de WhatsApp, e aguardou mais orientações. Como a mulher nunca apareceu, ficou desamparado até ser encontrado por agentes federais.

Logo depois do desaparecimento do jovem, os parentes começaram a procurá-lo na região onde ele mora. Também teve início uma mobilização pelas redes sociais. Um agente federal recebeu a informação sobre o sumiço do rapaz e repassou o alerta para os colegas que atuam no aeroporto.

Leia Mais PF resgata garoto que aceitou oferta em rede social e fugiu para ser artista

Publicado em 14 de novembro de 2016 por

Animais são estimulados a encontrar vítimas ou pessoas em perigo.
Simulações com pessoas soterradas fazem parte do treinamento.

Cães do Grupamento de Busca e Salvamento receberam um treinamento para encontrar pessoas que possam ficar soterradas após um deslizamento de terra ou desabamento de casas e prédios. Junto com os sete animais treinados, 17 bombeiros de Pernambuco participaram, durante 12 dias, do curso de formação de cinotécnicos, isto é, a técnica de estudar e cuidar dos cães. A capacitação fez crescer o número de bombeiros no estado que tinham esse treinamento. Antes, eram apenas dois.

O treinamento foi realizado em Abreu e Lima, na Região Metropolitana do Recife. Segundo um dos instrutores, o capitão dos Bombeiros Antônio Barbalho, o curso serve tanto para preparar o bombeiro para trabalhar nesse tipo de cenário como para poder conhecer o comportamento do animal.

“A gente estimula o militar a trabalhar realmente num ambiente de encosta, a trabalhar num ambiente de colapso estrutural, se orientar em áreas de mata. Depois a gente ensina como trabalhar com o animal. Eles têm que entender um pouquinho como funciona a cabeça do cachorro, saber que cada cachorro é um cachorro, do mesmo jeito que cada um tem o seu comportamento enquanto humanos, os cães também”, detalhou o capitão Barbalho.

Leia Mais Cães são treinados pelo Corpo de Bombeiros para ajudar em resgates