Publicado em 11 de dezembro de 2017 por

Exames de próstata e mama serão oferecidos entre esta segunda-feira (11) e quinta-feira (14), no bairro do Ibura, Zona Sul do Recife, e no município de Escada, Zona da Mata de Pernambuco.

A sede do Sesi Ibura é uma das participantes da ação de prevenção aos cânceres de próstata e de mama (Foto: Google Maps/Reprodução)A sede do Sesi Ibura é uma das participantes da ação de prevenção aos cânceres de próstata e de mama (Foto: Google Maps/Reprodução)

O Serviço Social da Indústria de Pernambuco (Sesi/PE) oferece exames de próstata e mama gratuitos para a população durante toda a semana, no bairro do Ibura, no Recife, e no município de Escada, na Zona da Mata Sul do estado. Entre esta segunda-feira (11) e quinta-feira (14), homens e mulheres poderão se dirigir às sedes do Sesi nesses locais para ter acesso a essas ações de prevenção ao câncer.    Ao todo, serão oferecidos 1.200 exames, variando os dias de atendimento. Segunda e terça-feira, haverá prevenção ao câncer de mama. Já na quarta e quinta-feira, serão realizados exames de próstata. Vão ser disponibilizados 150 exames por dia em cada uma das unidades, das 8h às 13h.

Para diagnosticar e prevenir o câncer de mama serão realizados exames de ultrassom da mama e, se for necessário, a mamografia. Já para os homens serão oferecidos os exames de ultrassonografia e, se preciso, o PSA – exame de sangue que confirma o diagnóstico da doença. No caso do exame de próstata, é necessário fazer jejum de pelo menos quatro horas. Qualquer pessoa com mais de 40 anos pode realizar o exame, tendo prioridade os trabalhadores de indústria. Quem tiver menos de 40 anos só poderá ser atendido se houver encaminhamento médico.

Para realizar os exames basta apresentar o CPF e a carteira de trabalho ou o crachá da empresa onde atua, para provar o vínculo com a indústria. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 0800.600.9606.

Serviço

  • Onde: Sesi Ibura (Av. Ministro Oliveira Salazar, 228, Ibura, Zona Sul do Recife) e Sesi Escada (Rua Visconde de Utinga, s/n, Centro, Escada, Zona da Mata de Pernambuco)
  • Quando: segunda-feira (11) a quinta-feira (14), das 8h às 13h.

Leia Mais Sesi promove ações gratuitas de prevenção ao câncer em Pernambuco

Publicado em 30 de maio de 2017 por

Rio Formoso, Belém de Maria, Palmares e Barreiros são os municípios que mais necessitam de ajuda por causa do número de desabrigados e desalojados pelas chuvas e enchentes.

Em Barreiros, lama tomou conta das ruas da área central (Foto: Camila Torres/ TV Globo)Em Barreiros, lama tomou conta das ruas da área central (Foto: Camila Torres/ TV Globo)

Das 15 cidades em estado de calamidade, quatro estão entre as que mais precisam de donativos. De acordo com o secretário executivo da Defesa Civil de Pernambuco, tenente-coronel Fábio Rosendo, Rio Formoso, Belém de Maria, Palmares e Barreiros são os municípios que mais necessitam de doações devido ao número de desabrigados e desalojados e, por isso, terão prioridade.

“Recebemos as doações e repassamos para os municípios de forma fracionada. A decisão de entrega segue a ordem proporcional ao número de desabrigados e desalojados”, explicou o secretário executivo. O lavantamento do número de pessoas afetadas em cada cidade será detalhado ao longo desta terça-feira. Leia Mais Defesa Civil de PE diz que quatro cidades terão prioridade para receber donativos

Publicado em 30 de maio de 2017 por

Segundo o governador, as cidades estão recebendo Gabinetes de Crise, para unificar as ações.

Paulo Câmara visitou cidades da Zona da Mata Sul (Foto: Aluísio Moreira/Divulgação)Paulo Câmara visitou cidades da Zona da Mata Sul (Foto: Aluísio Moreira/Divulgação)

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), visitou nesta segunda-feira (29), as cidades de Barreiros, Belém de Maria e Palmares, na Zona da Mata Sul de Pernambuco. Os três municípios foram atingidos pelas fortes chuvas nos últimos dias.

Segundo Câmara, as cidades estão recebendo Gabinetes de Crise, para unificar as ações. “A gente precisa estar em alerta máximo. Temos 14 escritórios disponibilizados nos municípios em estado de Calamidade, então, vai ter gente sempre de prontidão da Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros, Saúde, Assistência Social e Habitação. Nesse momento, o que nós queremos e temos que fazer de imediato é reestabelecer os serviços de água e energia, e ajudar na limpeza das cidades e na remoção dos entulhos”, disse o governador.

Ainda de acordo com Paulo Câmara, está sendo enviada aos municípios doações como colchões, água, alimentos e medicamentos.

Leia Mais Paulo Câmara visita cidades atingidas por chuvas e recebe ofício com solicitações em Palmares

Publicado em 30 de maio de 2017 por

Titular da pasta de Planejamento e Gestão, Márcio Stefanni explicou, após reunião com o governador Paulo Câmara e outros secretários, que a interrupção do repasse de recursos federais prejudicou serviços.

Secretários estaduais estiveram reunidos com o governador Paulo Câmara para discutir estratégias de ajuda à população prejudicada pela enchente na Mata Sul (Foto: Marina Meireles/G1)Secretários estaduais estiveram reunidos com o governador Paulo Câmara para discutir estratégias de ajuda à população prejudicada pela enchente na Mata Sul (Foto: Marina Meireles/G1)

O secretário de Planejamento e Gestão de Pernambuco, Márcio Stefanni, reconheceu que faltaram verbas para finalizar as obras de quatro barragens que ajudariam a conter as enchentes em rios do estado, prometidas desde 2010. De acordo com ele, a paralisação dos repasses pelo governo federal prejudicou o andamento das construções. A declaração foi feita, na noite desta segunda-feira (29), após uma reunião de integrantes do primeiro escalão da administração estadual com o governador Paulo Câmara (PSB). “Não houve dinheiro”, declarou o secretário.

O encontro, realizado no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo estadual, no Centro do Recife, teve como objetivo discutir as estratégias para atender a população prejudicada pelas enchentes em Pernambuco. Na reunião, Stefanni enalteceu os esforços emergenciais para salvar as vidas de quem mora nas cidades atingidas pela água.

Leia Mais ‘Não houve dinheiro’, diz secretário sobre obras de barragens que não foram concluídas em PE

Publicado em 18 de novembro de 2016 por

Organização havia declarado emergência em fevereiro deste ano; Brasil tem mais de 200 mil casos de infecção pelo vírus

David Heymann durante a coletiva desta sexta-feira (Foto: Reprodução/OMS/Facebook)David Heymann durante a coletiva desta sexta-feira (Foto: Reprodução/OMS/Facebook)

Em coletiva na tarde desta sexta-feira (18) em Genebra, na Suíça, a Organização Mundial da Saúde anunciou que o vírus da zika e seus transtornos neurológicos associados não são mais uma emergência sanitária internacional. No entanto, a comissão disse que deverá continuar com uma “ação endurecida” contra todas as doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti.
Estavam presentes o presidente do Comitê de Emergências da OMS, David Heymann, e o diretor-executivo do Programa de Emergências de Saúde, Pete Salama, que informaram que, desde fevereiro, quando a emergência sanitária foi declarada, a organização tem dado uma “robusta reposta ao vírus” e que um novo grupo será escalado para continuar os trabalhos de combate nos países mais afetados. Leia Mais OMS diz que zika não é mais emergência sanitária internacional

Publicado em 16 de novembro de 2016 por

Vasos de flores deixados nos túmulos podem acumular água parada.
Equipes já visitaram cemitérios de Tejipió, Santo Amaro e Casa Amarela

epois do feriado de Finados (2), é comum observar nos cemitérios túmulos repletos de jarros e potes com flores e velas, que, ao acumular água, se tornam potenciais criadouros do mosquito Aedes aegypti. Por isso, agentes de saúde do Recife estão fiscalizando periodicamente esses locais, a fim de evitar a reprodução do inseto que transmite dengue, chikungunya e o vírus da zika.

Esta terça-feira (15) foi o segundo dia neste mês em que a equipe esteve de olho nos cemitérios. Desta vez, o alvo foi o de Casa Amarela, na Zona Norte do Recife. Na segunda-feira (14), os agentes foram a Tejipió, na Zona Oeste, a Santo Amaro, área central da cidade. No primeiro, encontraram três focos do Aedes aegypt e, no segundo, identificaram um.

No Cemitério de Casa Amarela, os agentes fizeram uma varredura em toda a área e, rapidamente, encontram potes e garrafas de plástico e vasos com água acumulada. Se o mosquito põe seus ovos num recipiente assim, em sete dias, as primeiras larvas já aparecem. Armadilhas, como as 29 ovitrampas instaladas no Cemitério de Casa Amarela, ajudam a evitar a proliferação. Leia Mais Agentes de saúde combatem Aedes aegypti em cemitérios

Publicado em 16 de novembro de 2016 por

Estudo mostra que vírus pode ser transmitido por contato direto com o vírus.
Ainda não há registros de casos de contágio pelo ambiente, diz pesquisa.

Mais de 500 gestantes passam por exames todos os meses em Jundiaí (Foto: Reprodução/TV TEM)Estudo divulgado nesta terça mostra que picada de mosquito não é o único meio possível de transmissão do vírus da zika (Foto: Reprodução/TV TEM)

Um estudo divulgado nesta terça-feira (15) nos Estados Unidos mostra que o vírus da zika pode sobreviver por até oito horas fora do organismo. Apresentado na tarde desta terça na cidade de Denver, na reunião anual da Associação Americana de Ciências Farmacêuticas (AAPS, na sigla em inglês), o estudo mostrou que o vírus consegue se manter vivo e “altamente contagioso” sobre superfícies duras e não-porosas, e ser transmitido por meio de seringas contaminadas ou em contato direto com feridas na pele. Leia Mais Vírus da zika pode sobreviver horas fora de organismo, diz estudo

Publicado em 6 de outubro de 2016 por

Estudo diz que vírus da zika é mais potente em bloquear sistema imunológico.
Pesquisa é parceria entre Fiocruz Pernambuco e Universidade de Glasgow.

Pela primeira vez, o sequenciamento genético do vírus da zika circulante no estado foi realizado.  A partir da análise do material coletado de um paciente no ano passado, pesquisadores da Fiocruz Pernambuco e da Universidade de Glasgow (Reino Unido) verificaram mutações e constataram que o vírus da zika é mais eficiente em bloquear a ativação do sistema imunológico que outros vírus. O resultado do estudo foi publicado na revista científica PLoS Neglected Tropical Disease na quarta-feira (5).

“Fizemos o mapeamento genético do vírus circulante em Pernambuco, ou seja, do começo da epidemia. Isso é importante para compreender a genealogia do vírus que circula localmente e poder compará-lo com o vírus de outros locais do Brasil e do mundo, pois as mutações podem explicar uma maior agressividade ou não da infecção”, destaca Rafael França, que assina o estudo junto com outros dois pesquisadores da Fiocruz Pernambuco, Lindomar Pena e Marli Tenório.
Leia Mais Vírus da zika que circula em PE tem mapeamento genético feito pela 1ª vez

Publicado em 3 de outubro de 2016 por

Prêmio foi anunciado na manhã desta segunda. Ohsumi fez descobertas importantes sobre a autofagia, mecanismo pelo qual células digerem partes de si mesmas.

Japonês leva Nobel de Medicina por pesquisa sobre reciclagem da célula (Foto: )

Nobel de Medicina e Fisiologia de 2016 vai para o cientista Yoshinori Ohsumi, por suas descobertas importantes sobre os mecanismos de autofagia, processo pelo qual as células “digerem” partes de si mesmas. Os achados de Ohsumi abriram as portas para a compreensão do papel da autofagia em doenças neurodegenerativas, câncer, diabetes tipo 2, entre outras.

Leia Mais Japonês leva Nobel de Medicina por pesquisa sobre reciclagem da célula

Publicado em 20 de setembro de 2016 por

Projeto é resultado de parceria com instituto americano.
Vacina de DNA usa tecnologia nova que não deve trazer risco a grávidas.

Imagem é representação da superfície do vírus da zika; equipe de cientistas conseguiu determinar a estrutura do vírus pela primeira vez  (Foto: Universidade Purdue/Cortesia)Imagem é representação da superfície do vírus da zika (Foto: Universidade Purdue/Cortesia)

O Instituto Butantan pode começar, em dois meses, a testar em humanos uma vacina contra o vírus da zika. Esta é a expectativa do diretor da instituição, Jorge Kalil, que fez o anúncio em um evento nesta segunda-feira (19).

O projeto, que é resultado de uma parceria com um instituto americano, é de uma vacina de DNA, que usa um pequeno fragmento de DNA produzido sinteticamente em laboratório que codifica uma proteína do vírus da zika e por isso desperta a resposta imunológica contra o vírus no organismo.

Leia Mais Butantan espera testar vacina de zika em humanos em dois meses

Publicado em 26 de julho de 2016 por

Na segunda-feira (25), Anvisa autorizou venda da Denguevaxia no país.
Em pelo menos três laboratórios, não há previsão de chegada do produto.

saudeVoluntários testam vacina contra a dengue em Fortaleza (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)

Um dia depois de o governo federal autorizar a comercialização da vacina contra a dengue, a Denguevaxia, no Brasil, as clínicas de vacinação do Recife registraram uma alta procura pelo produto, na manhã desta terça-feira (26). No entanto, os pernambucanos precisam esperar mais um pouco. Em pelo menos três clínicas privadas, ainda não há previsão para a chegada da vacina. Leia Mais Clínicas do Recife já têm alta procura por vacina contra a dengue

Publicado em 26 de julho de 2016 por

Governo Federal determinou preço de R$ 132,76 até R$ 138,53.
Não há previsão de distribuição nacional pelo SUS, segundo ministério.

vacina-sanofiÁrea de cultura de vírus para produção de vacina contra dengue da Sanofi Pasteur (Foto: Sanofi Pasteur/Norbert Domy)

A Dengvaxia, primeira vacina contra a dengue disponível no Brasil, vai custar de R$ 132,76 a R$ 138,53, de acordo com alíquota de cada estado, segundo anunciou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), nesta segunda-feira (25). Leia Mais Com preço definido, vacina contra a dengue poderá ser vendida no Brasil

Publicado em 23 de julho de 2016 por

Gel foi aplicado diretamente nas articulações dos pacientes.
América Latina foram registrados 36.732 casos confirmados da doença.

mosquitoMosquito Aedes aegypti é transmissor da zika, dengue e chikungunya (Foto: Divulgação/ Uenf)

Quatro estudantes universitários bolivianos desenvolveram um gel feito com a folha de coca que, aplicado nas articulações, alivia a dor provocada pela doença chikungunya.

“A coca tem 14 alcaloides, dos quais sintetizamos quatro deles que têm propriedades analgésicas”, explicou Hugo Nuñez, um dos criadores do produto, ao jornal El Deber de Santa Cruz, no leste da Bolívia. Leia Mais Alunos da Bolívia criam gel feito com coca que alivia dores de chikungunya

Publicado em 22 de julho de 2016 por

Revisão levou em conta pesquisas publicadas nos últimos 10 anos.
Álcool provocou cerca de 500 mil mortes por câncer em 2012.

bebidaEstudo concluiu que bebida alcoólica pode provocar sete tipos de câncer (Foto: CDC/Debora Cartagena)

O consumo de álcool está diretamente relacionado à ocorrência de sete tipos de câncer, segundo uma revisão de estudos publicada nesta quinta-feira (21) pela revista científica “Addiction”. Feita por uma pesquisadora da Universidade de Otago, na Nova Zelândia, a revisão avaliou dados de pesquisas sobre álcool e câncer publicadas nos últimos 10 anos. Leia Mais Álcool está diretamente relacionado a sete tipos de câncer, diz estudo

Publicado em 22 de julho de 2016 por

‘Culex quinquefasciatus’ com o vírus foi encontrado no Recife.
Fiocruz reafirmou que risco de contágio na Olimpíada é baixo.

culexnil_1Bloqueio da infecção em alguns mosquitos culex pode gerar novo estudo (Foto: Wikimedia Commons)

Pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) apresentaram nesta quinta-feira (21), no Rio de Janeiro, um estudo inédito que mostra que o mosquito “Culex quinquefasciatus”, conhecido como muriçoca ou pernilongo doméstico, é um potencial transmissor do vírus da zika. Até então, só havia a certeza da transmissão pelo mosquito Aedes aegypti. Leia Mais Fiocruz aponta mosquito comum como potencial transmissor de zika